Loading...

Caros corajosos!

Saudações...sejam bem vindos ao meu humilde casulo que ainda teço!
Se não conseguirem compreender algo... nem tentem mais...até porque tudo o que aqui é mostrado sai da mente de uma pobre borboleta!
GRATA

"Torna-te quem tu és"!

"Torna-te quem tu és"!

terça-feira, 24 de julho de 2012

A chuva caía, o vento soprava forte, o inverno mostrava toda sua força...
Mãos geladas, corpos arrepiados mas ao mesmo tempo aquecidos pelos lençóis e pelo contato da pele, que ardia... ardia de vontade.
Lábios sincronizados... se encontravam em beijos suaves e urgentes...
Mão entrelaçadas nos fios de cabelo, dedos que pressionavam a nuca, boca que corria ao pescoço e arrancava gemidos...
E o aconchego do amor acalentou a alma... nos amamos como se fosse a primeira e também última vez...
Agora pertencemos um ao outro, e essa chuva fina de hoje, dia cinzento, me faz sentir mais saudade. Sigo contando até os minutos para ser sua novamente....